Дървен материал от www.emsien3.com

The best bookmaker bet365

The best bookmaker bet365

Menu

Veraneio começa em grande estilo em Salinas

Veraneio começa em grande estilo em Salinas

Por: O Liberal 6 de Julho de 2017 às 07:33 Atualizado em 6 de Julho de 2017 às 11:39

O DJ Alok e a dupla sertaneja Matheus e Kauan vão abrir o veraneio de Salinas em alto estilo. Os artistas se apresentam no próximo sábado, 8, na Diwali Festival, na Praia do Atalaia. A noite começa com o som sertanejo da dupla paraense Beto e Naldo, às 22h30, seguida da atração nacional Matheus e Kauan, à 1 hora da madrugada. Entre os hits dos irmãos goianos estão “Que sorte nossa” e “Te assumi pro Brasil”. Na sequência, o swing da banda Baladeros agita o público até a entrada de Alok, às 3 horas da manhã. O DJ de carreira internacional vai dividir o palco com o cantor Marcos Zebba, o dono da voz do mega sucesso “Hear me now”. Os ingressos estão à venda em Belém e em Salinópolis e, ainda, na bilheteria da casa de show, no dia do evento.

 

Considerado o maior DJ do Brasil, o goiano Alok Achkar Peres Petrillo, de 25 anos, é filho de um casal de Djs, Swarup e Ekanta, e irmão gêmeo de outro artista da música eletrônica, Bhaskar. Ele é acostumado com o público paraense, já tendo se apresentado várias vezes em Belém. “Hear Me Now”, de autoria de Alok e Bruno Matini com a participação de Zebba, foi a primeira música brasileira a bater o recorde de 100 milhões de reproduções no Spotify, atingindo número surpreendente de streaming em escala internacional. Em apenas um mês de lançamento do videoclipe no Youtube, em setembro passado, Hear me now alcançou a primeira posição de vendas no iTunes no Brasil e o topo de reproduções na Spotify no país, com 250 mil execuções diárias e 10 milhões views no Youtube. 

 

Alok despertou para a música eletrônica ainda na infância. Os pais dele foram precursores do psy trance no país e criadores dos famosos festivais do Universo Paralelo. Chegou a trabalhar como produtor do irmão aos 12 anos de idade e despontou para a carreira solo aos 19 anos. Em apresentações por vários países de todos os continentes ele difundiu um estilo próprio de trabalho, que o tornou pioneiro de um novo gênero da música denominado “Brazilian Bass”, que recebe influências do techno e elementos do house. Alok conquistou vários prêmios, como “Melhor DJ do Brasil” pela House Mag Brasil por duas vezes consecutivas (2014/2015), 44º no mundo pela DJ Mag, em 2015, e o único brasileiro a ficar no top 25 do mundo, em 2016. No ano passado, Alok assinou contratos com a Spinning Records e William Morris (WME). Em 2015, abriu a própria gravadora, UP Club Records, após ter tido o trabalho rejeitado por gravadoras estrangeiras que cobravam dele a adequação ao “padrão europeu”. Hoje, reconhecido e independente, dedica-se a descobrir novos talentos na música eletrônica. O trabalho premiado de Alok deu destaque aos DJs, que deixaram de ter papel secundário nos shows.

 

SERTANEJO

 

No show de Salinas, Matheus e Kauan vão tocar os sucessos do DVD mais recente, “Na Praia 2”, lançado no mês de maio. “Nesse show vamos mostrar algumas músicas desse DVD que a galera já canta junto, como “Te assumi pro Brasil”, “Oitava dose” e a atual música de trabalho, “Nessas horas”. Nesse show não faltarão os hits que a galera já conhece, como “O Nosso Santo Bateu”, “Que Sorte a Nossa” e “Ser Humano ou Anjo”. “Além de muitas outras pra galera curtir do começo ao fim”, antecipa Kauan, em entrevista exclusiva.

 

A dupla já realizou muitos shows em Belém e também já se apresentou em Salinas. “Ficamos felizes em saber que os paraenses gostam de nosso trabalho e pedem para Matheus e Kauan voltarem para o Pará. O público é fiel, os fãs nos recebem com muito carinho desde o aeroporto. Isso é muito gratificante. Nossa forma de retribuir tudo isso é trazendo um grande show para vocês”, promete Matheus. “O show que realizamos anteriormente em Salinas foi muito bom, tanto que estamos voltando e com muita novidade”, afirma Kauan. Nas vindas ao estado, a dupla experimentou e aprovou a colunária local, especialmente os peixes regionais servidos com açaí.

 

Nascidos no interior de Goiás, Matheus e Kauan despertaram para a música ainda crianças. Com apenas cinco anos, Kauan cantava na igreja com o pai, que faleceu poucos anos depois. A mãe levava os filhos para se apresentarem em festivais de música na região. Ela custeou o primeiro CD de Kauan, então com 10 anos, contendo quatro faixas de músicas sertanejas. Aos 15 anos, ele já havia gravado dois discos solo. Kauan fez tentativas frustradas de formar dupla sertaneja e, aos 18 anos, morou um ano nos Estados Unidos. Quando voltou ao Brasil, encontrou Matheus, com 13 anos, cantando e compondo belas canções, e resolveu formar a sonhada dupla com ele. Porém, foi necessário esperar mais dois anos para que Matheus crescesse mais um pouco, até lançar a dupla oficialmente, em 2010. Mais uma vez, a mãe deles fez o esforço de vender o carro da família para custear o CD de apresentação de Matheus e Kauan, que rendeu a contratação pelo escritório AudioMix.

 

Apesar de jovens – Matheus nasceu em 1994 e Kauan, em 1988 – a dupla é conhecida no cenário musical pelo repertório de sucessos que já foram gravados por grandes artistas, como Jorge e Mateus, que  gravaram “Na hora que você chamar”; “Coisas de quem ama” e “Vai entender”; Luan Santana, que escolheu sete músicas de Matheus para o repertório dele, incluindo “Tudo que você quiser” que o premiou como a música do ano em 2014 no Prêmio Multishow; Michel Teló com “Se tudo fosse fácil”; Bruno e Marrone com “Tiro e queda”; e João Neto e Frederico, que gravaram dez músicas da dupla. Com quatro CDs e DVDs gravados, sendo dois ao vivo “Mundo paralelo” (2013) e “Face a face” (2014), além de “Na praia” (2015) e o mais recente “Na Praia 2”. Kauan revela que a dupla já está preparando as músicas para o próximo CD, que ainda não tem data prevista para gravação.

 

Serviço:

 

Shows DJ Alok e Marcos Zebba e Matheus e Kauan

 

Data: sábado, 8, 

 

a partir das 22h30

 

Local: Diwali Festival (Praia do Atalaia), em Salinópolis

 

Ingressos antecipados nas Centrais Bis (shopping Pátio, Castanheira, Boulevard e Parque) e Iphone Bel, Hotel Privê do Atalaia e Mercado São Geraldo (também no dia do evento na bilheteria da casa de show a partir de 13 horas.)

 

voltar ao topo

VEJA OUTROS VIDEOS: